Dia Internacional dos Direitos Humanos

Ilustração. Sobre fundo azul, a Turma do Plenarinho caminha de mãos dadas, com exceção de Eu, que voa acima da cabeça de Adão.

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos.”“São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade”. Esse é o Artigo I de um documento muito importante chamado Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O texto é um dos documentos básicos da Organização das Nações Unidas que faz aniversário dia 10 de dezembro, dia em que a Declaração foi assinada. Na declaração, são enumerados os direitos que todos os seres humanos têm, sem distinção alguma, seja de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação. E, é claro, devem ser respeitados por todos.

São direitos básicos para promover a liberdade, a justiça e a paz no mundo (saúde, educação, cultura e arte, liberdade de informação e expressão, habitação e alimentação adequadas, entre outros). A declaração serve como um tipo de guia para que governos, entidades e cidadãos em cada país respeitem e sejam respeitados, além de inspirar tratados internacionais sobre direitos humanos.

Talvez você não saiba, mas o francês René Cassin, conhecido como “o homem dos direitos humanos”, foi um dos “pais espirituais” e redator principal do primeiro projeto de Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ele perseguiu sem descanso a sua missão internacional de humanista. Assim, por sua ação em favor do “respeito aos direitos humanos no contexto mundial”, recebeu, em 1968, o Prêmio Nobel da Paz.

O Dia Internacional dos Direitos Humanos é mais que uma data comemorativa. É um momento para que todos lembrem e reflitam sobre a garantia dos direitos humanos na sua comunidade, cidade, país e em todo o mundo. O respeito a esses direitos e a garantia de uma vida digna depende da vigilância e participação de todos os povos e nações.

Reconhecimento aos defensores dos Direitos Humanos no Brasil

O respeito aos direitos humanos é condição para o desenvolvimento de qualquer país. Por isso, aqui no Brasil, institui-se o Prêmio Direitos Humanos.  Ele é a mais alta condecoração do governo brasileiro a pessoas e entidades que se destacam na defesa e na promoção e também no enfrentamento e no combate a violações dos direitos humanos no país.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

11 Comentário(s)

  • by aimê postado 09/06/2020 17:12

    ajudou bastante na minha tarefa da escola

    • by Turma do Plenarinho postado 10/06/2020 13:58

      Que bom, Aimê! Abraços da Turma!

  • by João Batista de Oliveira neto postado 10/06/2020 13:51

    Gostei muito achei bem legal o dia internacional dos direitos humanos eu nunca tinha lido esse texto antes mas adorei várias partes impressionei com várias partes

    • by Turma do Plenarinho postado 10/06/2020 13:59

      Que bom, João! Ficamos felizes em saber! Abraços da Turma!

  • by Nicolas Biaobock Tascheck postado 10/06/2020 18:31

    Achei muito interessante, aprendi sobre os direitos que todos nós temos,mas que infelizmente não é respeitado por muitas pessoas,como exemplo, a morte de George Floyd.

    • by Turma do Plenarinho postado 10/06/2020 19:42

      Ah, Nicolas, infelizmente, quando o assunto é direitos humanos, ainda há muito chão para se andar. Mas estamos juntos para construir um futuro em que todos e todas tenham seus direitos respeitados e acesso igual a oportunidades. Abraços da Turma.

    • by Letícia postado 10/06/2020 21:00

      Mesmas palavras que o meu irmão

      • by Turma do Plenarinho postado 12/06/2020 09:12

        Ok, Letícia! Abraços da Turma!

  • by Serenna postado 11/06/2020 16:09

    achei o texto muito interessante e apesar de já saber sobre isso, eu adorei ler esse texto, e gostei de fazer a atividade sobre ele!

    • by Turma do Plenarinho postado 12/06/2020 09:25

      Que bom, Serenna! E que bom que você sabe sobre o assunto. Quanto mais gente souber desde cedo, melhor, não é mesmo? Abraços da Turma!

  • by Clara de Assis Rodrigues Andrade postado 12/08/2020 19:18

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos