A importância da meteorologia

Com mil raios e trovões! Qual é a previsão da meteorologia para hoje? Esse palavrão (meteorologia) é formado pelo termo grego “meteoros”, que significa elevado no ar, e “logos”, que significa estudo. Portanto, a meteorologia é o estudo da atmosfera do nosso planeta, uma ciência tão importante que até ganhou um dia em sua homenagem: 23 de março. Por meio da meteorologia são feitas as previsões do tempo que vemos na TV todos os dias, além do estudo do clima de uma região. E qual a diferença entre clima e tempo? Clima refere-se a um conjunto de condições que dominam uma região durante um período maior, e as previsões do tempo trazem informações precisas sobre o comportamento da natureza em um período bem específico, geralmente uma semana, no máximo.

Influência no nosso dia a dia

Essas informações, que são elaboradas a partir do comportamento da atmosfera, com o uso de equações e muita matemática, são essenciais para quem vai sair de casa e não quer ser pego desprevenido. Afinal, é muito ruim achar que vai fazer sol e pegar aquela chuva, não é mesmo?

É isso aí. As condições do tempo influenciam as várias atividades que fazem parte do dia a dia: nossas viagens (terrestres, aéreas e marítimas), aulas ou festas ao ar livre, e também o plantio e a colheita de alimentos, entre outras coisas. Só que, nesses momentos, a gente nem lembra que existem técnicos altamente especializados, observadores e cientistas que, apoiados pela moderna tecnologia, trabalham para pesquisar e prever as condições do tempo que vamos enfrentar. Legal é que o serviço dos meteorologistas muitas vezes salva vidas, no caso da previsão de tempestades, nevascas e tornados, por exemplo.

Aquecimento global

A importância da meteorologia tem crescido muito por conta do aquecimento global e das mudanças climáticas. Em 2018, climatologistas norte-americanos anunciaram que a temperatura média da Terra nesse ano foi a quarta mais elevada registrada até então.

Segundo os dados apurados, a temperatura média global em 2018 foi de 14,69ºC, ou 0,79 grau acima da média do século 20. Trata-se da quarta maior alta desde 1880, o primeiro ano em que esses dados foram disponibilizados. Se essa tendência continuar, as temperaturas poderão subir de 3 a 5 graus até 2100.

O ano mais quente já registrado foi 2016, e os cinco anos que ocupam as principais posições são aqueles que começam a partir de 2014.

O tema é tratado no Congresso?

Sim. Em dezembro de 2008, foi criada no Congresso Nacional uma comissão – a Comissão Mista Permanente de Mudanças Climáticas. O objetivo dela é acompanhar o Plano Nacional de Mudanças Climáticas, que trata das ações do governo para combater os impactos das mudanças do clima no meio ambiente e na natureza. Esse plano tem como objetivo reduzir a emissão de gases poluentes e o desmatamento da Amazônia. A comissão tem ainda o objetivo de vigiar as ações tomadas no Brasil para diminuir os impactos do aquecimento global.

Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão), da BBC News e da Revista Exame.

para-o-educador

Aproveite a oportunidade para explorar o tema Aquecimento Global com seus alunos. No Plenarinho há um plano de aula especialmente criado para isso!

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos