Solidariedade na quarentena

Ilustração. Ana Légis e Zé Plenarinho estão no centro da imagem. Eles colocam roupas em uma caixa de papelão. Da cabeça dos dois sai um balão de pensamento. No balão. a imagem de uma mulher com uma criança no colo.

Como ficam as pessoas que não têm condições financeiras para seguir as recomendações básicas de combate ao coronavírus, como lavar bem as mãos, usar álcool em gel e desinfetar ambientes e objetos? Ou aquelas que nem casa têm? Esse é mais um aspecto triste da pandemia. Só que a disseminação da doença também tem despertado muita solidariedade pelo Brasil. Confira abaixo algumas dessas iniciativas, que crescem a cada dia.

TODO O BRASIL

Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil

O Fundo Emergencial para a Saúde foi criado por lideranças da sociedade civil para captar recursos e destiná-los a hospitais públicos e instituições de ciência e tecnologia que estão atuando no combate ao coronavírus. Entre os beneficiados, estão a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e o Hospital das Clínicas da USP. Clique aqui para acessar e doar.

G10 das Favelas

O G10 das Favelas reúne líderes e empreendedores sociais em prol do desenvolvimento econômico e protagonismo de comunidades. Neste momento, o foco é, claro, o combate ao coronavírus e suas consequências. Estão abertas campanhas virtuais para comprar itens de higiene e mantimentos para ajudar moradores em condições de vulnerabilidade e profissionais autônomos que ficarão sem trabalhar nesse período. Clique aqui para conhecer os lugares a serem beneficiados e doar.

Desafio Água e Sabão

Artista e ativista social, o paulista Mundano criou o Desafio Água e Sabão . A ideia é espalhar kits básicos de higiene em pontos estratégicos das cidades, feitos de uma forma super simples, para serem usados pela população de rua ou para entregadores que continuam a trabalhar de moto ou bicicleta. O kit custa menos de R$ 1,00 e leva menos de 2 minutos para ser montado. Você vai precisar de duas garrafas plásticas, água, detergente e barbante (ou uma pequena corda). Em uma garrafinha, coloque água. Na outra, água misturada com detergente ou sabão líquido. Identifique cada uma (“água”, “sabão”), faça um furinho na tampa para evitar contato no uso e amarre os recipientes para que o kit não se separe. Depois, é só aproveitar alguma saída necessária e deixar em um lugar estratégico. Mundano sugere que cada um que aderir à campanha publique uma foto nas redes sociais com a hashtag #desafioaguaesabao , marque 3 amigos nos comentários e espalhe a corrente do bem.

Renda Mínima para Catadores

Assim como outros grupos, os catadores de recicláveis vivem um dilema cruel. Se continuam a trabalhar, estão expostos ao coronavírus. Se deixam de coletar, vão sofrer com a fome. Para proteger essas pessoas já tão vulneráveis, o projeto Pimp My Carroça lançou um financiamento coletivo para garantir uma renda mínima aos catadores cadastrados no Cataki Brasil (quase 3 mil) neste momento em que a reclusão é necessária. Clique aqui para conhecer mais e fazer sua doação.

Conheça outras iniciativas estaduais:

São Paulo | Rio de Janeiro | Distrito Federal | Amazonas | Pernambuco | Paraná | Ceará

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

2 Comentário(s)

  • by Lívia Vitoria Alves Fernandes Romão postado 01/05/2020 15:52

    Gostei bastante me ajudou a compreender mais

    • by Turma do Plenarinho postado 04/05/2020 10:21

      Que bom, Lívia! Nosso objetivo é sempre trazer esclarecimentos e ficar ao lado de quem está fazendo de casa, a sua sala de aula! Abraços da Turma!

Comente!

Deixe uma resposta para Turma do Plenarinho Cancelar resposta

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos