A história da televisão

A televisão foi inventada nos anos 20 do século passado (1920) e chegou ao Brasil no ano de 1950, mudando completamente o comportamento da família brasileira.

Histórias da TV

A TV não foi inventada de uma hora pra outra, foi resultado de muito trabalho e estudo de vários cientistas.

Início

Tudo começou em 1817, quando o cientista sueco Jakob Berzelius descobriu e isolou um elemento químico chamado selênio. Ele observou que este elemento era muito sensível à luz. Na época eles não sabiam, mas essa descoberta ia ajudar muito na invenção da televisão.

Em 1884, o alemão Paul Nipkow apresentou uma proposta de transmissão de imagens a distância por meio do selênio, e por isso, foi chamado de o “fundador da técnica de TV”. Mas ele não foi o único: o francês Constantin Perskyi também apresentou uma tese em Paris (França) que explicava o funcionamento de um equipamento que também utilizava selênio para a transmissão da imagem.

Até que no ano de 1926, o escocês John Logie Baird conseguiu criar uma espécie de câmera, e por meio dela, transmitir pela primeira vez na história imagens à distância. As imagens geradas em seu laboratório foram assistidas por uma plateia de cientistas em Londres.

Na onda da TV

Depois disso, o mundo inteiro quis entrar na onda da TV. Em 1936, a emissora inglesa BBC foi inaugurada, colocando no ar as primeiras transmissões públicas de TV na Inglaterra. Na Rússia, a televisão começou a funcionar em 1938 e, em 1939 a empresa americana RCA fez a primeira transmissão para os Estados Unidos de uma feira na cidade de Nova York. Estava criado o equipamento que revolucionaria o mundo!

A TV brasileira

Quem trouxe a televisão para o Brasil foi um grande empresário brasileiro chamado Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo, conhecido como Chatô. Na década de 1950, ele era o dono dos Diários Associados, uma grande empresa de jornais e emissoras de rádio, que funciona até hoje. Chatô adorava tudo que tinha a ver com comunicação, e, ao conhecer a televisão nos Estados Unidos, resolveu trazê-la para cá.

O grande sonho

Em 1º de junho de 1950, a TV Tupi de São Paulo, fundada por Chatô, realizou a primeira transmissão experimental de TV no Brasil. Ela só viria a entrar oficialmente no ar em 18 de setembro de 1950, depois de muitos testes. No início, os programas não eram gravados, eram feitos ao vivo.

TV na rua

Naquela época, um aparelho de TV era muito caro, então praticamente não existiam televisores no País. Chatô decidiu, então, comprar vários aparelhos e os espalhou por toda cidade de São Paulo. Assim, ficava mais fácil para as pessoas terem acesso à programação.

Em 1953, a TV Tupi ganhou uma concorrente: a TV Record de São Paulo. Em 1965, foi fundada a Rede Globo de Televisão.

TV Câmara

No ar desde janeiro de 1998, a TV Câmara funciona 24 horas por dia, transmitindo as sessões plenárias e reuniões das comissões ao vivo e sem cortes – tudo para dar transparência ao processo de elaboração das leis. A partir dessa missão principal, passou também a promover os valores brasileiros e tornou-se um canal público de informação e cidadania, com produção de documentários e programas culturais.

É possível sintonizar a TV Câmara nos diversos canais da Rede Legislativa de TV e Rádio. Clique neste link para acessar a página da TV Câmara no Portal da Câmara dos Deputados.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos