Brincadeira sem regra

As regras não servem para deixar o mundo mais chato. Elas são importantes para organizar a vida em sociedade. Experimente fazer um jogo sem regras. Até para brincar elas são fundamentais.

Ouça a história de A Vez do Plenarinho sobre a importância das regras.

ROTEIRO

CRIANÇA 1 –  Gente! Os meninos da rua de baixo estão brincando de pique bandeirinha, vamos?

VÁRIAS VOZES – Ebaaaaaaaaa

Felipe: hehehehe (vozinha sacana)

CRIANÇA1: ô, felipe!! Devolve a bandeira! Isso é contra as regras!

CRIANÇA 2: Regra? Que regra o que!!

CRIANÇA 1: Ué, sem bandeira não tem jogo.

CRIANÇA 2: E daí? Bora inventar outras regras!

Várias vozes: protesto coletivo “devolve a bandeira”, “para de zoar”

CRIANÇA 2: Vocês estão muito chatos! Só querem fazer tudo certinho.

CRIANÇA 1: Tá bom então. Regra nova! Quem tá de verde tá fora!

CRIANÇA 2: Ah, aí sim… Agora vocês desapegaram das regras, né? Isso aí… peraí… Eu tô de verde…

Várias vozes: Então você tá fora!!!! Hahahaha

LOC: As regras não existem para deixar o mundo mais chato. Elas existem para organizar a vida de todos em uma sociedade. Sem as regras, cada um faria o que bem quisesse e as coisas simplesmente não funcionariam.

 


 

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos