Ano Novo Chinês

O ano novo chinês é comemorado em uma data diferente da maior parte dos países do mundo. Em vez de celebrarem a mudança do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro, os chineses levam em conta o calendário lunar. Diferentemente do calendário ocidental, o calendário lunar é baseado nos movimentos da lua e do sol. Nele, cada ano possui doze lunações, isto é, 12 vezes em que a lua passa por todas as suas fases: nova, crescente, cheia e minguante. Isso dá um total de 354 dias. E, para continuar alinhado com o ciclo solar (de 365 dias), aproximadamente a cada três anos, acrescenta-se um “décimo terceiro mês” (menor que os demais).

É por isso que, na China, o primeiro dia do ano novo será em 5 de fevereiro, sendo o último em 24 de janeiro de 2020.

O calendário lunar

As comemorações a partir do calendário lunar começaram há muito tempo. Há registros que datam de aproximadamente 2.000 anos antes de Cristo. Os festejos duram 15 dias e envolvem alguns ritos. Eles incluem fazer oferendas ao Deus da Cozinha, limpar as casas para afastar maus espíritos e colar papeis vermelhos na porta, onde se escrevem, em dourado, bons desejos para o ano que começa, pedidos de proteção e de atração de bons fluidos. Se aqui no Brasil usamos principalmente o branco nesta época, por lá, as cores do Ano Novo são o vermelho e o dourado.

Quando chega a meia noite, é hora de comer um bolinho cozido (conhecido pelos ocidentais como guioza) e de distribuir um envelope vermelho com dinheiro dentro! Fogos de artifício pipocam no céu das cidades e ouve-se muito barulho a noite inteira. Acredita-se que toda a barulheira feita possa acordar os deuses para ouvir os pedidos para o ano que vai começar. A comemoração acaba no 15º dia, com a Festa das Lanternas.

2019 – o ano do porco

Os chineses valorizam muito a astrologia. Seu horóscopo tem 12 signos, que correspondem a 12 animais diferentes: o rato ou camundongo; o boi ou búfalo; o tigre; o coelho; o dragão; a cobra ou serpente; o cavalo; a cabra, bode ou carneiro; o galo ou galinha; o macaco; o cão; o porco ou javali. Cada ano do calendário lunar é dedicado a um deles. 2019 será o ano do porco!

Outros povos que também comemoram o ano novo em outras datas são: Judeus, Hindus, os seguidores do Islã, os de fé Bahá´i, os praticantes Wicca e os Thelema.

fonte: Revista Superinteressante e site Chinavistos

 

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos