Criança cidadã

Ilustração. Ao fundo, um céu azul com algumas nuvens. Grama verdinha na parte inferior da imagem. Ao centro, o Congresso Nacional. Zé Plenarinho, também ao centro, aponta para o Congresso Nacional. Ele está mostrando o Congresso Nacional para seis crianças que prestam atenção ao que ele diz. São três meninos e três meninas. A primeira menina tem cabelos castanhos médios, usa franja e tem a pele clara. Ela veste uma camiseta rosa. ao seu lado, um menino de cabelos curtos, negros e pele clara. Ele usa óculos, um boné vermelho e branco, camiseta sem manga azul e bermuda azul mais clara. Atrás dele, um menino de cabelos curtos, loiros e pele clara. Ele usa camiseta laranja. Atrás dele, um menino de pele negra, cabelos pretos, curtos e encaracolados. Ao lado do menino negro, uma menina de cabelos longos, vermelhos e pelo clara. Ela usa uma faixa branca no cabelo. À sua frente, uma menina negra, de cabelos longos e encaracolados, presos em um rabo de cavalo. Ela veste uma camiseta verde.

Se crianças têm direitos, também têm deveres, certo? Esses deveres não estão escritos em nenhuma lei, mas o Plenarinho tem algumas sugestões!

Reflita sobre qual o papel de cada pessoa em casa, na escola e no nosso País. Faça sua parte e tente cumprir alguns dos deveres que listamos a seguir:

No país

  • Não desperdice comida, água, energia nem produtos de limpeza. Saiba economizar e partilhar o que você tem;
  • Trabalhe junto com seus pais e amigos para combater a violência e a pobreza;
  • Só jogue lixo no lixo! Rua não é lixeira;
  • Conheça os sinais de trânsito e respeite-os quando for brincar na rua ou atravessar a faixa de pedestre;
  • Respeite e conserve os lugares públicos. Não pise na grama, não piche as paredes, nem estrague os telefones públicos, por exemplo. Alguns bens proporcionam comodidade e lazer a todos e devem ser preservados;
  • Participe, com interesse, de campanhas e atividades da sua cidade que ajudem pessoas carentes ou que tornem o País mais “educado”;
  • Quando necessário, procure a Polícia;
  • Não provoque briga e nem aja com irresponsabilidade;
  • Mantenha uma postura amigável, respeitosa e gentil com os mais velhos, vizinhos, em família e na escola. Isso facilita a convivência;
  • Ajude pessoas idosas ou com deficiência a atravessarem a rua ou a chegarem a algum lugar específico sempre que pedirem a sua ajuda;
  • Conheça e respeite as principais regras, normas e leis da sua cidade, estado e país;
    Mantenha-se bem informado sobre o que acontece por aqui e repasse seus ensinamentos aos parentes e colegas.

Na escola

  • Frequente a escola direitinho e aproveite para participar de todas as atividades escolares;
  • Participe de sua própria educação, comparecendo a todas as atividades escolares, dando sua colaboração em sala de aula e cumprindo os deveres e horários determinados;
  • Respeite os seus educadores, colegas e funcionários;
  • Cuide do espaço físico da escola (salas, pátio, auditório, biblioteca, quadras…) e dos bens materiais (carteiras, quadros, computadores…). Caso você estrague alguma dessas coisas, procure repô-la ou consertá-la;
  • Participe, com coragem e disposição (sem preguiça), das atividades propostas. Crie e sugira coisas novas também;
  • Coopere para a boa conservação dos móveis do colégio, equipamentos e material escolar, colaborando também para manter a escola em boas condições de limpeza;
  • Não leve para a escola objetos que representem perigo à saúde, à segurança e à integridade física da comunidade escolar;
  • Não converse fora de hora, não brigue com os colegas, não fale palavrões nem seja indisciplinado;
  • Obedeça às regras estabelecidas pela sua escola.

Em casa

  • Pergunte a seus pais como pode ajudá-los em casa. Tente se mostrar disponível e interessado;
  • Reserve um horário para as tarefas escolares e a leitura. Não espere seus pais mandarem você fazer os deveres;
  • Tenha responsabilidade e cuidado com seus brinquedos, móveis, roupas, materiais escolares e com a limpeza e organização do seu quarto e da sua casa;
  • Mantenha uma conversa franca com seus pais;
  • Lembre-se dos seus compromissos, como por exemplo, aulas de Inglês e esportes;
  • Ajude os seus pais a cuidarem dos irmãos sempre que puder;
  • Guarde seus brinquedos assim que terminar de usá-los;
  • Respeite os deveres e obrigações que seus pais determinarem e cumpra essas tarefas sem resmungar.

É isso aí! Seja otimista e jogue sempre no time do Brasil. Acredite que este País é um ótimo lugar e que pode melhorar cada vez mais se cada um fizer sua parte.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos