Personagens do folclore brasileiro

Ilustração. O fundo é composto por contornos da bandeira do brasil na cor branca sobre tela em verde-claro. Na frente do fundo, a Turma do Plenarinho interage com personagens do folcore brasileiro. Da esquerda para a direita: Cida sorri ao lado de uma grande serpente verde sorridente. Adão olha para a serpente e brinca com ela com uma das mãos levantadas. Zé Plenarinho está com uma das mãos no ombro do Sacio-pererê: um menino negro de uma perna só, que veste apenas um calção vermelho e um gorro pontudo vermelho. Do lado do Saci, está o Curupira: um menino de cabelos espetados cor de laranja, olhos verdes, sem camisa e com os pés virados para trás. Com a mão no ombro de Curupira, Vital sorri. Ana Légis olha admirada para Xereta que está montada em uma Mula-sem-cabeça. A mula tem o corpo marrom e do pescoço saem chamas em tons de amarelo e laranja. Atras da turma, Lobisomem sorri e brinca com Edu Coruja. Lobisomem é um grande lobo marrom de olhos verdes em pé sobre as duas patas traseiras.

Um menino que só tem uma perna, fuma um cachimbo e usa um gorro vermelho. Um jacaré gigante que atormenta as crianças e uma mula que expele fogo pelo pescoço. Conhecem esses estranhos personagens? Eles fazem parte do riquíssimo folclore brasileiro. 

Para prestigiar nossa cultura, em 22 de agosto é comemorado o Dia do Folclore. Algumas histórias desses mitos e lendas variam de acordo com as diferentes regiões do Brasil. Isto porque cada personagem do folclore possui sua própria história e características diferentes. Será que você os conhece?

O Saci-Pererê

Acredita-se que o Saci-Pererê tem origem nas tribos indígenas da Região das Missões, no Sul do país. E foi de lá teria se espalhou por todo o país. Verdade ou não, o fato é que o menino negro deIlustração. Menino negro, de um perna só, short e gorros vermelhos. Não usa camisa e nem sapato. Está com os braços escondidos atrás das costas e tem um olhar de danado. uma perna só e gorro vermelho é uma das figuras mais conhecidas do folclore brasileiro. Saci está sempre com um cachimbo na boca, pulando para lá e para cá. É um menino agitado que aparece com um redemoinho e que adora pregar peças nas pessoas. Ele adora, entre outras travessuras, esconder os objetos que dificilmente são encontrados novamente ou confundir as pessoas e fazer com que se percam.

Cuca

Quem nunca ficou com medo de ser raptado ao ouvir a cantiga “Nana neném que a Cuca vem pegar…”?

A lenda da Cuca parece ter surgido na Espanha e Portugal. Lá ela era chamada de “Coca” e tinha a forma de um dragão. Acredita-se que a lenda tenha viajado até o Brasil na época da colonização portuguesa. Mas fama mesmo ela ganhou muitos anos depois, nas histórias do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Monteiro Lobato.  Associada ao bicho papão, a figura da Cuca é usada para fazer medo às crianças que não obedecem seus pais e não querem dormir.

Curupira

Ilustração. Menino de pele morena, cabelo vermelho, olhos verdes e pés virados para trás. Está segurando uma flecha. Usa um colar e uma saia marrom feita de penas. Defensor da natureza, o Curupira vive nas matas brasileiras, tem os cabelos vermelhos e os pés virados para atrás. O seu nome tem origem tupi-guarani e sua função é espantar todos que querem destruir as matas. Para cumprir sua missão, emite sons e assovios que dão medo. E é muito difícil encontrá-lo, pois, quando anda, suas pegadas vão marcando o caminho contrário que ele está fazendo.

Lobisomem

O nome já diz tudo. É a mistura de um lobo com um homem. Segundo a lenda do Lobisomem, quando uma mulher tem sete filhos e o oitavo nasce homem, este último será um Lobisomem.Ilustração. Xereta está montada numa mula sem cabeça. Do lugar da cabeça, sai

Ao longo do dia, ele é homem. A partir da meia-noite, nas noites de lua-cheia, se transforma em Lobisomem. Ele se alimenta de sangue, e, segundo a mitologia, é violento. A lenda da mistura entre lobo e homem tem origem na Europa.

Mula sem cabeça

É uma mula, mas foge do normal. Ela não tem cabeça e expele fogo através do pescoço. A lenda diz que quando uma mulher namora um padre, como forma de maldição, ela é
transformada em uma mula sem cabeça. Das noites de quinta-feira para sexta-feira, a mulher vira o animal e solta fogo pelo pescoço, enquanto sai galopando na escuridão.

Boto

Dizem que nas noites de festa junina, na Amazônia, o boto sai do rio e transforma-se em um homem belo e atraente. Ele seduz as mulheres, as leva para o fundo do rio e as engravida.
A lenda do boto tem origem na região Amazônica, onde é comum encontrá-lo.

Negrinho do Pastoreio

Depois de ter sido injustamente acusado de perder um dos cavalos do seu dono, um menino escravo teve que voltar ao pasto para recuperar o cavalo. Como não achou o animal, o patrão fez o menino passar a noite dentro de um formigueiro. No dia seguinte, o garoto estava livre, sem nenhum ferimento e montado no cavalo baio que havia sumido. Pela lenda, foi um milagre que salvou o menino. O Negrinho do Pastoreio é uma lenda típica da região Sul e o menino é considerado o protetor das pessoas que perdem algo.

 

E você? Conhece algum personagem de que não falamos aqui?

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

12 Comentário(s)

  • by Zuza postado 26/08/2018 17:51

    O folclore é muito importante pois ele fez parte da nossa historia, mas temo de sempre explicar o que é verdade e o que historia inventada pelo povo, cada situação, afinal tudo isso da medo e assusta nossas vidas, tambem explicar que o saci e o curupira São pessoas deficientes e oesdoas deficientes merecem respeito pois eles tem direitos e deveres iguais a nós, que o saci e o curupira são personagens eles estão na historias folclóricas e cultura do nosso povo. As historias e as lendas , parlendas as adivinhação fazem parte de uma história de geração a geração.

    • by Honestinho postado 05/09/2018 11:51

      Isso aí, Zuza! Temos que contextualizar as histórias, né?

  • by jamilly postado 12/02/2019 23:24

    Legal

    • by Turma do Plenarinho postado 13/02/2019 12:15

      Que bom que gostou, Jamilly! O folclore brasileiro é mesmo fascinante! Abraço da Turma.

      • by lucas postado 14/08/2019 09:09

        eu tambemm
        amei

        • by Turma do Plenarinho postado 14/08/2019 13:24

          Que bom, Lucas! Abraços da turma!

  • by maria cecilia postado 22/09/2019 11:12

    o boto coderoza

    • by Turma do Plenarinho postado 23/09/2019 11:53

      Oi, Maria Cecília! Falamos do boto-cor-de-rosa, sim! Só que o chamamos apenas de Boto! Abraços da Turma!

  • by Giovanna postado 06/11/2019 15:58

    Cadê a iara ?

    • by Turma do Plenarinho postado 06/11/2019 16:29

      Bem lembrado, Giovanna! Vamos já atualizar este post! Abraços da Turma!

  • by Emanuel postado 04/05/2020 19:06

    Vim pelo Valdir

    • by Turma do Plenarinho postado 05/05/2020 11:05

      Não entendemos sua mensagem, Emanuel! Valdir é um amigo ou professor que recomendou o portal do Plenarinho? Abraços da Turma!

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos