Continue a (sua) história – fim de ano

Para encerrar o ano de 2020, propusemos uma reflexão aos plenamigos: o que você leva de bom de 2020? O que você aprendeu? De que forma vai encarar 2021, depois de tudo que viveu nesse ano?

A ganhadora foi a Layza Mirelli Diniz Silva. Veja o que ela escreveu!

Em 2019, reclamamos: do calor, da falta de dinheiro e muitas outras coisas. Esperávamos um 2020 diferente. E ele foi.

Só não contávamos com uma pandemia, não contávamos com um vírus que causaria inúmeras mortes e desemprego.

De repente, nos vimos obrigados a ficar em casa. O confinamento contribuiu para um aumento de 90% dos casos de depressão e ansiedade. A dificuldade do ajuste da rotina, o medo da perda, o já citado desemprego e, principalmente, a incerteza de quando tudo isso irá passar, desencadeou esse terrível aumento.

Mas então, não poderemos tirar proveito desse ano de tanta luta? Muito pelo contrário! E se eu te disser que, depois de refletir, percebi que a pandemia me ajudou a amadurecer? Que percebi o valor das pessoas, que os bens materiais não são nada, e que a felicidade (como diria Guimarães Rosa) se acha é em horinhas de descuido.

Imagino-me daqui muitos anos contando para crianças sobre essa “loucura” que estamos vivendo, elas vão achar uma aventura e tanto!

Ah! O futuro… Tantos planos… Pensar no futuro (normalmente) nos ajuda a manter a sanidade, porém temos que entender que ainda iremos aproveitá-lo, e viver o hoje.

Bom, aproveite esse tempo! Leia, maratone séries, tire fotos, cozinhe, ouça música, faça uma carta para si mesmo, descanse e deixe o futuro para o futuro!

Vai passar, e 2021 será um ano de muitas realizações!

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos