Ações para 18 de maio

Dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Apoiando o pessoal da campanha Faça Bonito, o Plenarinho compartilha sugestões de atividades com o objetivo de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a lutar pelos direitos de crianças e adolescentes.

Esse dia foi escolhido por um motivo muito triste. Em 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o País. Araceli, uma menina de apenas oito anos de idade, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime até hoje está impune!

Para chamar a atenção sobre a gravidade do assunto, todos os anos, o pessoal do Faça Bonito organiza campanhas e convida todos os interessandos em apoiar a causa a:

  • Promover rodas de conversa sobre o tema;
  • Realizar panfletagem em seu espaço;
  • Exibir filmes sobre o tema;
  • Colocar um papel de parede para divulgar o dia.

Se for professor(a), a sugestão é conversar sobre o tema com seus(suas) estudantes. Afinal, saber identificar o abuso e a exploração sexual infantil é o primeiro passo para que as crianças possam se proteger ou buscar ajuda. O Plenarinho tem um plano de aula que pode contribuir com ideias e materiais para a realização de atividades em sala.

Itamar Gonçalves, gerente de programas da Childhood Brasil,  chama atenção para um aspecto muito importante e que pode preocupar algumas pessoas: “Falar em educação sexual não significa ensinar à criança o ato sexual. Você pode ensinar como se nominam as partes do corpo, que ele tem partes públicas e privadas. A uma criança de cinco anos, por exemplo, já é possível dizer o que são situações de risco e que ela pode dizer não a cada desconforto”.

É importante que crianças e adolescentes saibam identificar o que é abuso para que possam pedir ajuda.

Se for divulgar ações em redes sociais, utilize as hashtags #FaçaBonito #18deMaio #18deMaioFaçaBonito.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos