Proposta de deputado mirim pode virar lei

Ilustração. O fundo é o Plenário da Câmara dos Deputados, com linhas verticais cinzas e uma faixa verde e outra amarela que passam por trás das linhas cinzas. Na frente, no centro da imagem, sentado atrás de uma grande mesa com o brasão da República, está um menino de cabelos castanhos, óculos de grau e camiseta amarela. Ele sorri e faz sinal de joia. Um balão de fala aparece perto da cabeça dele e, nesse balão, aparece a imagem de um médico medindo a pressão do Zé Plenariho.

Pensa que o Câmara Mirim acabou? Que nada! Ele segue dando belos frutos. Ao conhecer a ideia do deputado mirim Davi Vitório (Vieirópolis/PB), o deputado federal Carlos Chiodini (MDB/SC) resolveu apadrinhar o projeto, que agora tramita de verdade. Ele virou o PL 3881/2021. A proposta de Davi cria o Abril Vermelho, mês dedicado a ações de conscientização e prevenção à hipertensão arterial.

“Davi tem razão. A hipertensão arterial é um dos principais fatores relacionados à morbimortalidade em nosso meio. As estatísticas deixam isso bastante claro. E se trata de um dos fatores de risco para doenças crônicas que podem ser evitados – ou controlados – com medidas simples e baratas. Nada mais indicado, então, que ações e campanhas tanto para conscientizar a população acerca do tema quanto para a detecção precoce dos quadros já instalados”, observa o deputado catarinense.

O estudante paraibano não acreditou na notícia. “A ficha nem caiu ainda. Só felicidade saber que minha proposta chegou até a Câmara dos Deputados para ser votada e, se assim Deus quiser, aprovada”, torce.

Como destacou o parlamentar em suas redes sociais, o projeto de Davi prova que boas ideias não têm idade. Basta apoio e incentivo para que saiam do papel!

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos