Faça a sua máscara de proteção!

Aprenda a fazer uma máscara de proteção contra o coronavírus sem costura, usando materiais que você tem em casa! É só seguir o passo a passo.

1. Separe o material necessário: um pedaço de tecido e dois elásticos de cabelo.

mascara_passo_01

Seu tecido deve ser um retângulo com 28 X 40 cm. Vale recortar uma camiseta que você não use mais, um lençol velho… mas peça antes aos seus pais, não saia recortando roupas sem consultá-los.

Caso não tenha liga de cabelos, pode usar um pedaço de elástico com as pontas amarradas. A medida é a volta do pulso de um adulto.

2. Dobre o tecido e coloque os elásticos para fazer as alças.

mascara_passo_02

Com o tecido esticado, com a parte mais larga voltada para você, faça duas dobras de mesmo tamanho, formando um retângulo de 9 X 40 cm. Posicione os elásticos a 13 cm das pontas do tecido, conforme a ilustração.

3. Dobre o tecido mais uma vez.

mascara_passo_03

Agora sua máscara vai ganhar forma! Dobre o tecido que sobra depois do elástico em direção ao centro. Você vai obter um retângulo pequeno com elásticos nas pontas.

4. Experimente a máscara e ajuste-a em seu rosto.

mascara_passo_04

Além de cobrir nariz e boca, a máscara deve tampar as laterais do rosto, de modo a não permitir que gotículas de saliva entrem ou saiam pelos lados.

A polêmica das máscaras de proteção

Desde o início da pandemia da COVID-19, o uso de máscaras de proteção gerou dúvidas e polêmicas.

Inicialmente, a orientação dos especialistas era que apenas indivíduos com sintomas da doença e profissionais de saúde usassem máscaras – de preferência, cirúrgicas.

No entanto, pesquisas realizadas em Hong Kong e Estados Unidos verificaram que o uso de máscaras, em público, por toda a população, de fato diminuía a propagação do vírus.

Como está havendo escassez das máscaras cirúrgicas no mercado – e, se há poucas, elas devem ser reservadas a quem trabalha em hospitais e serviços médicos -, o Ministério da Saúde passou a recomendar o uso de máscaras caseiras.

Mas fique ligado: a recomendação mais importante é FICAR EM CASA. Só saia se realmente não houver outro jeito.

Use a máscara por até duas horas. Se precisar ficar mais tempo fora de casa, leve com você outra máscara limpa. Para removê-la, puxe pelo elástico, não pelo tecido. E evite tocá-la ou tocar o seu rosto!

Ao voltar para casa, depois de se higienizar, lave a sua máscara com água e sabão, como você faz com as roupas de vestir.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos