Trabalhando o tema “Drogas”

Ilustração. O fundo mostra uma escola e, na frente dela, uma faixa de pedestres. Sobre a faixa, Xereda, Edu, Vital, Cida e Adão, todos com uniforme branco e vermelho da escola, olham com seriedade para Malício que lhes oferece um saco de doces. Malício está ajoelhado, veste calça azul, jaqueta vermelha e camiseta branca. É magro, cabelos espetados castanhos, bigode fino embaixo do nariz pontudo. Ele olha com expressão de malícia para Xereta, que recusa os doces com a mão estendida com a palma virada para Malício.

Os jovens são o público mais vulnerável às drogas. Por isso, a conscientização nessa fase da vida é fundamental. Professor, conheça nosso plano de aula sobre o tema.

Introdução

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), dentre as competências esperadas para alunos do ensino fundamental sobre o tema Ciências, é preciso “conhecer, apreciar e cuidar de si, do seu corpo e bem-estar, compreendendo-se na diversidade humana, fazendo-se respeitar e respeitando o outro”. Especificamente dentre as habilidades esperadas para os anos finais do Ensino Fundamental, está (EF06CI10) “explicar como o funcionamento do sistema nervoso pode ser afetado por substâncias psicoativas”.

O universo do tema “drogas” é bastante abrangente e complexo, e afeta profundamente o cotidiano do público alvo. Por isso, propomos um recorte especificamente voltado para a prevenção do uso de drogas utilizando produtos do portal Plenarinho.

Público-alvo: alunos das séries finais do ensino Fundamental

Disciplinas trabalhadas e Conexão curricular: Ciências, mas com abordagem interdisciplinar e transversal.

Objetivo: conscientizar os estudantes dos riscos do uso de drogas e das estratégias para evitar o consumo.

Etapas

O projeto será dividido em três encontros de 40 minutos, cada.

Etapa 1: Conversar com os estudantes sobre o pensam a respeito do uso de drogas

Pedir aos estudantes que expliquem a diferença entre drogas lícitas e ilícitas. Discutir com eles por que elas são classificadas desta forma e questioná-los sobre o que pensam desta diferenciação. Concordam ou não?

Para aula seguinte, pedir que leiam a reportagem do Plenarinho “Drogas, Inimigas da Vida” e que, em casa, pesquisem reportagens, artigos e dados nacionais sobre o uso de drogas entre os jovens.

Etapa 2: Dividir a turma em grupos e pedir que organizem as informações que encontraram para que apresentem aos colegas.

Identificar com a turma os dados convergentes e divergentes. Pedir que digam o que pensam do que encontraram. Faz algum sentido? Eles acreditam correr algum tipo de risco de se tornarem dependentes de drogas? Por que sim e por que não? Acreditam que é importante evitá-las? Pensam que as drogas lícitas, como cigarro e álcool, podem ser entrada para as ilícitas?

Caso os estudantes não abordem os assuntos abaixo, é importante questioná-los sobre:

1) As portas de entrada para as drogas
2) Como evitar as drogas
3) As ameaças que vêm da escola: colegas e traficantes “fantasiados” de amigos

Mostrar a animação “Nuggets” e pedir que reflitam.

Etapa 3: Começar o encontro perguntando o que acharam do vídeo e conversar um pouco sobre os comentários.

Em seguida, dividir os alunos em grupos e apresentar a seguinte situação: a turma agora é uma agência de publicidade que foi contratada pelo governo para fazer uma campanha de combate às drogas. Como fariam? Que tipo de estratégias usariam?

Sugerir que pesquisem (nos celulares, se a escola permitir, ou no laboratório de informática da escola) iniciativas de outros países que obtiveram resultados positivos, o que pode servir de inspiração.

Ao final, pedir que cada grupo explique a campanha que faria. Depois das apresentações, pedir que a turma vote a melhor proposta e perguntar aos estudantes se eles têm vontade de levar a campanha adiante no âmbito da escola. Se sim, organizar momentos para que possam elaborar peças e discutir as estratégias de ação.

Critérios de avaliação: Convidar os estudantes para avaliarem a atividade, se a veem como uma oportunidade de reflexão crítica sobre esta questão. Pedir que digam o que fariam diferente.

Material necessário:

Computadores ou celulares (caso a escola permita) com acesso à internet para exibição da animação.

Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura "plenarinho.leg.br - Câmara dos Deputados" e não seja para fins político-partidários

Comente!

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos marcados com * são exigidos